Vestibular UEMG 2015 – Inscrições

A Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) está com as inscrições abertas para o vestibular 2015. As inscrições vão até 6 de outubro de 2014.

O vestibular destina-se ao preenchimento de vagas nos cursos presenciais de graduação da UEMG nas cidades de Belo Horizonte, Poços de Caldas (curso de Pedagogia fora de sede) e também nas unidades de Barbacena, Campanha, Carangola, Diamantina, Frutal, Ibirité, Ituiutaba, João Monlevade, Leopoldina e Ubá.

Mas, não é somente através do vestibular que se consegue uma vaga na UEMG, pois o candidato poderá entrar também pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Para isso, deve ter realizado, previamente, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, de acordo com o edital do vestibular.

Das vagas dos cursos oferecidos, 50% serão destinadas ao SiSU, porém isto não se aplica aos cursos da Escola Guignard e da Escola de Música, cujas vagas serão preenchidas apenas pelo Vestibular UEMG/2015, pois suas provas são diferenciadas, tendo além de provas gerais, provas de habilidades específicas.

O edital do vestibular da UEMG está disponível em intranet.uemg.br e deve ser acessado para que o candidato tenha conhecimento de todo o seu conteúdo.

EM BELO HORIZONTE:

No campus de Belo Horizonte as vagas são oferecidas para os cursos de Artes Visuais (licenciatura); Design de Ambientes (bacharelado); Design Gráfico (bacharelado); Design de Produto (bacharelado).

Na Escola Guinard, as vagas são para os cursos de Artes Plásticas (bacharelado) e Artes Plásticas (licenciatura).

A Escola de Música oferece vagas para os cursos de Música com habilitação em Educação Musical Escolar (licenciatura); Música com habilitação em Canto/Instrumento (bacharelado); e Música com habilitação em Instrumento ou Canto (licenciatura).

A Faculdade de Educação oferece 240 vagas para o curso de Pedagogia, sendo 120 vagas para o 1º semestre e 120, para o 2º semestre, distribuídas nos turnos manhã, tarde e noite.

Na Faculdade de Políticas Públicas “Tancredo Neves” há vagas para os cursos: Superior de Tecnologia em Gestão Pública (tecnológico); Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais (tecnológico); e Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos (tecnológico).

Para saber os cursos ofertados nas outras cidades onde há unidades da UEMG e demais informações sobre o vestibular é necessário acessar o Edital do Vestibular UEMG 2015, disponível no endereço eletrônico acima citado ou no www.uemg.br e selecionar o edital desejado.

Por Vânia Rose dos Santos

Vestibular Unifesp 2015 – Inscrições

As inscrições para o vestibular da Unifesp 2015 abrem no dia 22 de setembro e encerram no dia24 de outubro. De acordo com o edital, a instituição irá utilizar notas do ENEM na primeira fase que acontece nos dias 8 e 9 de novembro de 2014. Já a segunda fase está prevista para ocorrer 11 e 12 de dezembro de 2014.

A Universidade Federal do Estado de São Paulo, conta com duas formas de ingresso de seus estudantes: o Sistema de Seleção Unificado – SiSU e o Sistema Misto. Ambos se utilizam do desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), porém o último o complementa com provas específicas. O Sistema Misto conjuga duas notas para classificar os candidatos: a nota obtida no ENEM e a nota obtida nas Provas do Vestibular 2015 da UNIFESP. Desta forma, o ENEM 2014 é indispensável para se inscrever no Vestibular 2015 da UNIFESP. 

Cursos que optaram pelo sistema misto de vagas podem ser encontrados na página da Universidade.

Com relação ao sistema de reserva de vagas por cotas, todos os candidatos que se inscreverem para o Vestibular 2015 da UNIFESP estarão concorrendo pelo Sistema Universal, independentemente de fazerem a opção pelo Sistema de Reserva de Vagas (Cotas). O candidato poderá assinalar na ficha de inscrição até duas opções de cursos, dentre os relacionados na tabela de cursos de graduação para o Vestibular 2015 da UNIFESP.

Sobre as inscrições, elas acontecerão exclusivamente pela internet, nos endereços vestibular.unifesp.br ou www.vunesp.com.br, das 10h de 22 de setembro às 16h de 24 de outubro de 2014 (horários de Brasília), com o pagamento, por meio de ficha de compensação, da taxa de R$ 124,00, em qualquer agência bancária ou banco eletrônico.

No ato da inscrição, o candidato deverá indicar seu número de inscrição no ENEM 2014, pois a parte objetiva desta prova (180 questões) será obrigatoriamente aproveitada para fins de apuração de critério de classificação. Informações sobre o ENEM podem ser obtidas pelo telefone 0800 616161 (Central de Atendimento do Ministério da Educação) e pela internet (www.inep.gov.br).

Já feita a inscrição, a partir de 24 de novembro de 2014, o cartão de convocação estará disponível para consulta e impressão no site vestibular.unifesp.br, sendo a impressão do mesmo de inteira responsabilidade do candidato.

Provas: 

– Prova de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Redação: constará de 30 questões de Língua Portuguesa e de 15 questões de Língua Inglesa, sob a forma de testes de múltipla escolha, com 5 alternativas. Constará, também, de uma redação em Língua Portuguesa, de gênero dissertativo.

– Prova de conhecimento específico: constará de 20 questões, sob a forma discursiva, distribuídas pelas disciplinas de Biologia (5 questões); Química (5 questões); Física (5 questões) e Matemática (5 questões).

Calendário das provas:

1º DIA – 11/12/2014 – 5ª feira: Prova de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Redação.

Horários:

– Ingresso no prédio: 13h;

– Ingresso nas salas: 13h30;

– Início da prova: 14h.

2º DIA –  12/12/2014 – 6ª feira: Prova de Conhecimentos Específicos.

Horários:

– Ingresso no prédio: 13h;

– Ingresso nas salas: 13h30;

– Início da prova: 14h.

Os portões da escola serão fechados às 1h. Não serão admitidos retardatários. O tempo de duração de cada prova será de 4 horas. A saída do prédio será permitida somente depois de decorridas 3h30 do início de cada prova.  

As provas serão realizadas nas cidades de Bauru, Campinas, Diadema, Guarulhos, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Osasco, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.  

Resultado e matrículas:

As divulgações oficiais dos resultados consistem:

– na publicação das relações nominais e na ordem de classificação no endereço vestibular.unifesp.br  e www.vunesp.com.br;

– na afixação das listagens dos resultados em Quadros de Avisos dos Campi da UNIFESP, nos endereços:

  • Campus Diadema: Av. Conceição, nº 329 – Centro – Diadema/SP;
  • Campus São Paulo: Rua Pedro de Toledo, 697 – Vila Clementino – São Paulo/SP.  

Para encontrar o Manual do Candidato acesse aqui.

Por Jana Lopes

Vestibular FUVEST 2015 – Inscrições

A Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST), responsável pela elaboração das provas do vestibular da Universidade de São Paulo (USP), abriu suas inscrições no dia 22 de agosto de 2014.

Os candidatos a uma das mais de 10 mil vagas deverão realizar a inscrição no site da instituição (www.fuvest.br) até o dia 9 de setembro de 2014. É preciso atentar que a inscrição só será realmente efetuada depois do pagamento da taxa de R$ 145, que deve ser paga dentro do período de inscrição, ou seja, até o fim do período bancário de 9 de setembro.

Além de preencher a inscrição online o candidato deverá também responder ao Questionário Socioeconômico da universidade. O candidato será encaminhado para realizar a prova no local mais próximo da residência indicada na inscrição.

É bom que o candidato se atente também para a necessidade de se apresentar o CPF para a inscrição e para a realização das provas, então quem ainda não tem o Cadastro de Pessoas Físicas deverá providenciá-lo antes de realizar as inscrições. Os documentos aceitos para que o candidato possa realizar a prova são o RG, Forças Armadas, Polícia Militar, CNH, Carteira de Trabalho e Previdência Social, além dos expedidos pelos Conselhos ou Ordens Regionais, como a OAB. É válida também a apresentação do RNE ou Passaporte para os estudantes que comprovem viver no Brasil.

A primeira fase do vestibular da FUVEST será realizada no dia 30 de novembro de 2014 e o candidato poderá consultar o local que fará o exame a partir do dia 24 de novembro. A prova consta de 90 questões de múltipla escolha e terá duração de 5h, das 13h às 18h, sendo que os portões se abrirão ao 12h30.

A FUVEST divulgará no dia 22 de dezembro de 2014 a lista dos convocados para a segunda fase do vestibular, que será realizada entre os dias 4 e 6 de janeiro de 2015.

Por Joana Junqueira Borges

Saiba mais sobre a carreira de Teatro e Produção Cênica

O Teatro e a Produção Cênica basicamente envolvem diversos seguimentos. O profissional poderá desenvolver seus trabalhos na interpretação de peças, montagem e direção das mesmas. É uma área de atuação para pessoas que tem certa liberdade e se sentem a vontade para expressar sentimentos, ideais e histórias por meio do corpo e da voz.

Há a possibilidade também do profissional que atua nesse seguimento seguir uma sólida carreira como ator. O que inclui as mais variadas formas de produção, como o teatro, a televisão, filmes e comerciais.

Os profissionais que contam com licenciatura na área poderão trabalhar como professores de aulas de teatro voltados para alunos de nível fundamental e médio além de poder ministrar cursos livres.

Os profissionais licenciados nessa área encontram maiores oportunidades de emprego em escolas da rede pública e também privadas. Entretanto, vale destacar o fato de que a disciplina em si não é obrigatória para o ensino fundamental ou médio.

Sendo por isso, categorizados como cursos extracurriculares. Esse fato dificulta um pouco a popularização da função. Entretanto, nos últimos anos, diversas instituições tem reconhecido o fato e integrado em sua grade curricular cursos relativos a essa área.

Como citado no início, há diversas áreas onde o profissional pode atuar. Porém, há uma diferença que convém destacar. Quem possui a licenciatura na área geralmente irá atuar em setores que envolvem teatro, cinema, televisão, publicidade, dublagem e etc. Aqueles que contam com o bacharelado ou ainda são tecnólogos, tem habilitação para formar grupos de teatros e realizarem todas as etapas de produção de peças próprias.

Nesse último caso, as chances de diversificação das funções são maiores, já que o profissional poderá se destacar trabalhando na criação de textos, como ator, produtor e diretor entre diversas outras.

Segundo informações do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado de São Paulo os profissionais ganham em média R$ 440 por cada apresentação. Já o MEC informa que o salário por uma carga horária de 40 horas por semana pode chegar a R$ 1.567,00.

Por Denisson A. Soares

Administração: curso e mercado de trabalho

O curso de nível superior em Administração é atualmente a graduação mais oferecida no Brasil. Para se ter ideia dessa amplitude, são cerca de 1.822 instituições que trabalham essa área de conhecimento.

Outro detalhe que também chama a atenção é que, em termos de matrículas, ele também é campeão. Em média são 800.000 por ano. Esses números apresentados pela Administração podem ser justificados pelo fato de que o curso é bastante generalista e, claro que, junto a isso, há o fato de que o profissional formado nessa área de conhecimento é um dos mais requisitados no mercado. Fato que independe do segmento ou do tamanho da empresa.

A cada ano o curso de bacharelado em Administração é o que mais forma profissionais. A área é muito concorrida e um dos principais motivos para isso é o fato de que o mercado para o profissional em administração também está crescendo junto com outros setores do mercado.

O Administrador passa a ser uma peça fundamental em diversas áreas. No caso das grandes corporações, esse profissional encontra mais chances nas áreas de recursos humanos, gestão financeira e planejamento estratégico, dentre outras.

Entre outras possibilidades que envolvem esse profissional está o fato de que o mesmo pode atuar como empreendedor ou ainda prestar serviços de auditoria e consultoria para diversas empresas.

Apesar de haver uma grande oferta de oportunidades de emprego para a profissão em todo o país, as regiões sul e sudeste são as que mais vagas oferecem.

É bom destacar o fato de que muitos dos profissionais formados em administração acabam participando de algum programa de trainee sendo efetivado ao final do mesmo.

De acordo com informações do Conselho Federal de Administração, o salário inicial para a carreira é de, em média, R$ 2.100,00.

Confira algumas áreas onde o administrador pode trabalhar: Administração de Empresas, Administração Esportiva, Administração Hospitalar, Administração Hoteleira, Administração Financeira, Administração Pública e etc.

Como é possível perceber, são diversos os âmbitos de atuação o que dá ao profissional o privilégio de poder “escolher” aquela área que mais lhe agrada.

Por Denisson A. Soares

Inscrições abertas para vagas remanescentes do ProUni

Está aberto o período de inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni – Programa Universidade para Todos. Os candidatos podem preencher o requerimento somente pela internet e mesmo os candidatos que já estiverem matriculados em uma instituição de ensino superior podem concorrer, entretanto, o prazo é diferente do que para aqueles que não estão matriculados. Quem está matriculado tem até o dia 1º de dezembro para se inscrever e quem não estiver tem até o dia 7 de setembro.

Segundo a coordenadora de geral de projetos especiais para graduação da Secretaria de Educação Superior: “O programa abre a oportunidade para um estudante que tenha concluído o ensino médio ingressar em um curso superior. Agora, no caso das vagas remanescentes, por exemplo, um estudante que queira ainda ingressar em um curso, ele vai ter a oportunidade”. Para concorrer a essas vagas, além de ter realizado o ENEM do ano passado, o candidato deve ter se inscrito nas opções anteriores do processo seletivo do ProUni. Vale ressaltar que o aluno pode usar a nota do ENEM de 2010 até agora.

Além desta possibilidade, podem se inscrever os professores da rede pública, que tenham o magistério. Nestes casos, o candidato não precisa comprovar renda nem ter estudado em escola pública ou mesmo ter participado do ENEM, nos anos anteriores. Contudo em ambos os casos, os interessados tem que cumprir os requisitos básicos estabelecidos pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005.

Em 2014, o ProUni bateu recordes e mais de 195 mil estudantes foram beneficiados com uma bolsa de estudos em uma instituição de nível superior de todo o país. É o maior número desde sua criação em 2004. Em 2013 o número foi um pouco menor e pouco mais de 177 mil estudantes ingressaram no ensino superior. Para concorrer a uma das bolsas remanescentes o estudante deve comprovar renda bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. 

Por Robson Quirino de Moraes

Vestibular UEL 2015 – Inscrições

Começou no dia 11 de agosto as inscrições para o vestibular 2015 da UEL (Universidade Estadual de Londrina). O prazo para se inscrever se encerrará no dia 11 de setembro e para os interessados é necessário o pagamento de taxa no valor de R$ 118. O período para o requerimento de isenção da taxa se encerrou no mês de julho, portanto, o único meio de participar do vestibular é efetuando o valor solicitado.

Uma das vantagens da UEL e também um dos assuntos mais comentados por especialistas e estudantes, é que a instituição inclui em seu processo seletivo o sistema de cotas para estudantes que tenham se graduado em escola pública. Falando ainda em sistema de cotas, 40% das vagas de todos os cursos são destinados aos alunos que se autodeclararem negros ou de cor parda.

Porém, para os que têm interesse em concorrer em uma destas categorias é preciso prestar atenção. No sistema de cotas, além de ter que se autodeclarar negro ou pardo, no ato da inscrição, o aluno precisa declarar também que cursou o ensino fundamental e ensino médio em instituições da rede pública.

Como funciona o processo seletivo:

Os estudantes interessados em ingressar na UEL serão submetidos a um processo seletivo que envolve duas etapas. Na primeira fase, que está marcada para acontecer no dia 2 de novembro, os candidatos irão fazer uma prova com 60 questões, contando com perguntas de artes, sociologia, filosofia, biologia, história, geografia, química e física. Aqueles que conseguirem passar por essa etapa, fará a segunda fase onde realizarão exames de língua portuguesa/literaturas em língua portuguesa, língua estrangeira e uma redação, que será aplicada no dia 30 de novembro. Para finalizar, ainda serão feitas, no dia 1º de dezembro, provas de conhecimentos específicos elaboradas de acordo com o curso escolhido.

Para os que vão prestar vestibular para o curso de música, as provas de habilidades especiais serão realizadas no dia 28 de setembro. Os que disputarão vagas nos cursos de Artes Visuais, Arquitetura e Urbanismo, Design de Moda e Design Gráfico farão o exame no dia 2 de dezembro.

Para saber mais a respeito e se inscrever no vestibular da UEL acesse o site www.cops.uel.br/vestibular/2015

Por Juliana Alves de Souza

Vestibular FGV 2015 – Inscrições abertas

Uma das instituições de ensino mais renomadas do país está com vestibular aberto para diversas áreas. A FGV (Fundação Getúlio Vargas) prolonga o prazo de inscrições para os processos seletivos dos cursos de Administração de Empresas, Administração Pública, Direito e Economia. Existe ainda, a abertura de vagas para estudantes do Rio de janeiro.

Em São Paulo, as inscrições se encerrarão no dia 15 de outubro. As datas e horário de provas serão divulgados posteriormente. Até às 18h do dia 15 de agosto, o candidato paga taxa de inscrição no valor de R$ 75. Depois desta data, é necessário o pagamento de R$ 150.

Quantidade de vagas e cursos oferecidos no Rio de Janeiro:

A FGV oferece no Rio de Janeiro os seguintes cursos: Administração (50), Direito (50), Economia (50), História (50), Ciências Sociais (50) e Matemática Aplicada (50). Vale ressaltar que, a instituição se preocupará em oferecer parte destas vagas aos candidatos que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e em seus resultados.

Já em São Paulo, apenas o curso da EAESP (Administração de Empresas e Administração Pública) oferecerá essa vantagem. Para os estudantes que disputarem nesta categoria, o prazo para se inscrever vai até o dia 15 de outubro. A taxa a ser paga fica no valor de R$ 10.

É possível optar pelas duas formas de ingresso, tanto através do Enem como vestibular tradicional, mas vale ressaltar que o candidato terá que pagar duas taxas.

Alunos da rede pública, que concluíram ou que estejam cursando o último ano do ensino médio, bolsistas integrais de escolas particulares, do Rio de Janeiro podem entrar com pedido de isenção de taxa até o dia 22 de setembro. Os paulistas podem fazer a solicitação até o dia 13 de outubro, encaminhando documentação que comprovem a situação, para o e-mail vestibulares@fgv.br ou ir pessoalmente à Secretaria de Registros Acadêmicos.

As provas acontecerão no dia 19 de outubro no Rio de Janeiro e em São Paulo varia de acordo com o curso escolhido.

Para obter mais informações, inscrever-se e conferir as últimas atualizações dos processos seletivos da instituição acesse o site www.fgv.br/vestibular e fique por dentro. 

Por Juliana Alves de Souza

Vestibular Unicamp 2015 – Inscrições

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) está com as inscrições abertas para o Vestibular 2015. As datas para o cadastro são de 11 de agosto até 11 de setembro para vários cursos de graduação.

A primeira fase de aplicação das provas ocorrerá no dia 23 de novembro, os aprovados para a segunda etapa deverão fazer os próximos testes nos dias 11,12 e 13 de janeiro. Para os candidatos que desejam fazer o curso de Música, deverão fazer as provas de habilidades específicas entre os dias de 25 até 29 de setembro. E para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança realizarão os testes nas datas de 19 até 22 de janeiro de 2015.

Os interessados deverão acessar o endereço www.comvest.unicamp.br, pois neste link estarão disponíveis o edital e todas as informações específicas do Vestibular. O candidato pode consultar todo cronograma para estudo, além das obras para leitura, manual do candidato e mais detalhes sobre o pagamento da inscrição, como também as formas de como conseguir a isenção da taxa.

As pessoas portadoras de necessidade especial devem enviar o laudo médico, sendo que este deve ser com emissão até um ano. Este documento deve ser encaminhado pelo correio, através do endereço informado no edital.

O processo seletivo é dividido em duas etapas: na primeira etapa será aplicada uma prova com 90 questões de múltipla escolha englobando os seguintes conteúdos: Língua Portuguesa e Literaturas, Matemática, História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Física, Química, Biologia, Inglês e as Questões Interdisciplinares.

Na segunda etapa terá o seguinte procedimento:

- No primeiro dia haverá prova de Redação, Língua Portuguesa e suas literaturas;

- No segundo dia ocorrerão as provas de Matemática, História e Geografia;

- No terceiro dia serão aplicadas as provas de Física, Química e Biologia.

Portanto, os interessados em tentar o Vestibular da Unicamp já podem conferir o edital no site www.comvest.unicamp.br, onde estão todas as informações que você precisa saber para começar a estudar para este processo seletivo e garantir uma vaga na Universidade.  

Por Jaqueline Mendes

Unicamp beneficia 4.566 candidatos com isenção de taxa no Vestibular 2015

A Comvest, Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, irá beneficiar mais de 4.500 vestibulandos com a isenção de pagamento da taxa de inscrição para realizar o vestibular Unicamp 2015. No ano anterior, foram pouco mais de 4 mil candidatos beneficiados com essa isenção.

Os candidatos contemplados deverão consultar no site http://www.comvest.unicamp.br/vest2015/isencao/contemplados.html a lista com os nomes e o código de isenção, utilizado para realizar a inscrição sem pagar a taxa de R$ 140,00.

Os candidatos que cadastraram o número de celular para receber informações via SMS, receberão um aviso por mensagem contendo o código de isento.

As inscrições para o vestibular poderão ser realizadas entre os dias 11 de agosto e 11 de setembro, apenas pela internet. O prazo para o pedido de isenção encerrou no mês de maio.

Foram oferecidas três modalidades diferentes de isenção: 1 – para estudantes que cursaram o nível fundamental e médio em escolas públicas e são provenientes de famílias de baixa renda; 2 – funcionários da Unicamp/ Funcamp; 3 – Candidatos aos cursos de Licenciatura para o período noturno (Matemática, Pedagogia, Física, Química, Letras e Ciências Biológicas) que realizaram o ensino médio e fundamental em escolas públicas.

Na modalidade 1 foram beneficiados 3.834, na modalidade 2 foram 10 candidatos e na 3 outros 722 candidatos.

Vale lembrar que as pessoas isentas do pagamento não estão automaticamente inscritas no vestibular. A inscrição deve ser feita no mesmo período que os outros candidatos.

A isenção do Vestibular Nacional da Unicamp faz parte do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social, que também prevê a possibilidade de somar pontos adicionais na nota final dos estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública.

Os estudantes que optarem por essa opção recebem 60 pontos a mais na segunda fase, no caso de terem estudado em escolas públicas, e 20 pontos no caso de pretos, pardos e indígenas que também tenham estudado em escola pública. 

Por Jéssica Posenato